Bem Vindo a este Blog Católico Mariano e Pró-Vida!!!

Bem Vindo a este Blog Católico Mariano e Pró-Vida!!!







A Vida Humana Começa com a Concepção, por isso o aborto É Crime e como tal deve ser tratado!!!







Quem Ama Não Mata!!!







Salve Maria!!!































Coração Imaculado de Maria Livrai o Brasil da Maldição do Aborto!!!
































Catolicismo e Defesa da Vida Nascitura!!!

Catolicismo e Defesa da Vida Nascitura!!!
Nossa Senhora, Nascituro, Papas e Nosso Senhor JESUS CRISTO

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 20 de novembro de 2016

DEUS Governa o Mundo!!!

DEUS Governa o Mundo!!!



     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Hoje é Festa de CRISTO Rei e abaixo segue uma meditação de como DEUS realmente governa o mundo!!! Devemos meditar muito nisso para podermos crescer na Fé, na Esperança e na Caridade, pois “Que diremos depois disso? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8,31)!!!

Alexandre Luiz Antonio da Luz
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba




DEUS Governa o Mundo!!!


   São Cipriano afirma:- “Somente DEUS governa o mundo. Com a Palavra comanda tudo o que existe, regula tudo com a Sua Suprema Razão, conduz tudo ao fiar totalmente Nele e acolher de maneira criativa tudo o que ele nos quer dar”.
   É comum as pessoas comentarem entre si:- “Por que DEUS  permite que aconteça esta tragédia, este acidente, esta crise financeira, esta maldade desenfreada, esta morte, esta doença”? Há um consenso de que todos os males se originam no coração de um DEUS  “ausente”. Mas isto não é verdade.
   “DEUS governa o mundo”, afirma São Cipriano, mas dá liberdade ao homem, para que faça suas escolhas. E neste sentido podemos afirmar que temos escolhido mal. Claro que nem tudo depende de nossas escolhas, porém ainda nestes casos, a Providência Divina, quando permite algo que nos traz algum sofrimento, sempre o faz visando um bem maior:- A nossa Salvação!
   Não é verdade que depois de uma tormenta, de um tempo de provação, nos tornamos mais humildes, mais gratos a DEUS pelos pequenos milagres do dia a dia? Quantos sobreviventes de doenças graves testemunham que, depois da cura, abandonaram o velho estilo de vida e hoje vivem cada dia como se fosse o último, que apreciam a natureza de uma forma nunca antes percebida e que estão conscientes de que a vida é um dom de DEUS e que deve ser bem vivida?
   Estamos num ritmo enlouquecedor... Procuramos fazer duas ou mais coisas ao mesmo tempo para dar conta das demandas do nosso mundo tecnológico, cada vez mais rápido e eficiente. O único problema é que não somos máquinas, somos seres humanos que possuem uma alma e que não ficaremos aqui para sempre. Vamos morrer e logo nesse ritmo?
   Se DEUS é o Todo Poderoso, o Criador do céu e da terra, Aquele que controla todo o orbe, por que nos afadigamos com as coisas que passam, se elas nos fogem das mãos? Se você que lê este artigo tiver mais de trinta anos, certamente já deve ter constatado que não controlamos nada. Somos apenas criaturas e não o Criador...
   Como é bom para os que crêem, saberem-se objeto do olhar providente do PAI, pois não cai um só fio de nossa cabeça sem que ELE o permita. Portanto, coragem, tudo está como devia estar. E de toda a tribulação tiraremos um bem maior, nosso amadurecimento espiritual e humano e a valorização da Graça Divina que constantemente nos acompanha. Só não apercebemos, porque estamos muito envolvidos com as coisas do mundo. Sejamos gratos pelo dom de nossa vida e trabalhemos, para que ela termine em DEUS. Nada mais importa!!!




Louvado seja CRISTO Rei!!! Para sempre seja louvado!!!





segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Maria e a Perseverança na Fé!!!

Maria e a Perseverança na Fé!!!



     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Abaixo segue uma meditação sobre a relação que há entre as aparições de Nossa Senhora em Medjugorje e as perseveranças na fé, de como aqueles que se convertem em Medjugorje, de como aqueles que em Medjugorje alcançam a graça da cura do corpo e da alma, perseveram na fé!!!

Alexandre Luiz Antonio da Luz
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba




Maria e a Perseverança na Fé!!!

   No dia 25 de Junho desse ano (2016), as aparições de Nossa Senhora em Medjugorje completaram 35 anos!!! Quantas maravilhas se realizaram a partir deste acontecimento, que mudou a vida dos seis videntes e de todos aqueles que acolheram estas aparições como manifestação da Misericórdia de DEUS, para toda a humanidade.
   Temos relatos de curas e conversões milagrosas de peregrinos que lá estiveram e também de pessoas que não foram a Medjugorje, entre as quais eu me coloco, mas que movidas pela fé e pela esperança, acreditaram na presença da Mãe de DEUS nesta cidade da Bósnia-Herzengovina e puderam colher os frutos destas mensagens de convite à conversão e à paz, que Ela lá nos vem transmitindo. Eu voltei à Igreja Católica depois de ler e principalmente viver as mensagens de Nossa Mãe Santíssima. Não que eu tivesse deixado de ser católico, mas era um católico morno, tíbio, um católico só de nome e que graças às aparições de Nossa Senhora em Medjugorje, voltei à Igreja, voltei a ser um católico praticante de Missa e comunhão diárias! O meu movimento Pró-Vida, a Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria, é um fruto das aparições da Virgem Maria em Medjugorje, pois a reunião que deu inicio a este movimento Pró-Vida, como também ao movimento Pró-Vida da cidade de São Paulo, se realizou na antiga sede do Secretariado de Nossa Senhora Rainha da Paz, um dos vários movimentos que divulgam as mensagens de Medjugorje, no dia 18 de Novembro de 1992, portanto a quase 24 anos atrás!
   É fato que somos lentos em por em prática os sábios conselhos de Nossa Senhora dados em Medjugorje, mas Ela é incansável e não Se deixa vencer em ternura e paciência para conosco, repetindo tantas vezes, ao longo destes 35 anos, que devemos voltar para DEUS, que nos reconciliemos com ELE e com os irmãos, para podermos colher os frutos de uma vida em estado de graça, que é o maior bem que se pode almejar nesta vida. Poder estar em paz com a própria consciência, certos de que há esforços no caminho para a vontade de DEUS, não tem preço...
   Segundo o Catecismo da Igreja Católica, “A fé é um dom gratuito que DEUS concede ao homem. Podemos perder este dom inestimável; São Paulo alerta a Timóteo sobre isso:- “Eis aqui uma recomendação que te dou, meu filho Timóteo, de acordo com aquelas profecias que foram feitas a teu respeito: amparado nelas, sustenta o bom combate, com fidelidade e boa consciência, que alguns desprezaram e naufragaram na fé.” (1Tm 1, 18-19). A fé faz-nos degustar, como por antecipação, a alegria e a luz da visão beatífica, meta da nossa caminhada na Terra...a Virgem Maria, que na peregrinação da fé, foi até a noite da fé, comungou com o sofrimento de Seu Filho e com a noite de Seu Túmulo”...(CIC de 162 a 165).
   Caros irmãos e irmãs e a todos os que crêem nas aparições de Nossa Senhora em Medjugorje, aparições estas que são a manifestação da Bondade e da Misericórdia de DEUS para conosco, sejamos gratos pelas aparições de Nossa Senhora Rainha da Paz. Não sabemos por quanto tempo mais elas durarão, mas certamente elas já deixaram a suas marcas em nós. O mínimo que podemos fazer para demonstrarmos a nossa gratidão, por tanta solicitude do Céu em nosso favor, é levarmos a sério as armas que a Virgem Maria nos apresentou contra o inimigo de nossa salvação:- O Rosário, a Missa, a leitura constante da Bíblia, o jejum e a confissão mensal; armas estas que se vividas com piedade demonstrarão a nossa perseverança na fé!
   As mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje nos lembram de que a vida é curta, de que o Céu espera-nos e de que Nossa Senhora conta conosco, na realização da vitória do bem sobre o mal, isto é, no Triunfo do Seu Imaculado Coração! Nós não vamos decepciona-La, não é?
 


domingo, 6 de novembro de 2016

Exercícios para a Alma!!!

Exercícios para a Alma!!!



     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Hoje, dia em que aqui no Brasil, comemoramos o Dia de Todos os Santos, devemos fazer uma reflexão sobre o sacrifício que aqueles e aquelas, que hoje celebramos, fizeram para se tornar santos!!! É verdade que ninguém se santifica na moleza, para se tornar santo é necessário muito sacrifício, muita oração, muito jejum, muita penitência, muitam leitura da Palavra de DEUS, muita mortificação, muito despojamento e uma participação constante e assídua aos sacramentos!!!
   Abaixo segue uma meditação sobre o esforço que devemos fazer para progredirmos espiritualmente!!! Muita gente “se mata” nas academias para obter um corpo “sarado”, ora por que não nos sacrificamos para conquistarmos uma Alma “sarada”??? É como diz o velho ditado americano “No Pain, No Gain”, isto é, Sem Dor, Sem Ganho, ou uma melhor tradução, “Sem Sacrifício Não Há Vitória”!!!



Alexandre Luiz Antonio da Luz
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba



Exercícios para a Alma:-

   “Os que mais progridem na virtude são aqueles que com maior coragem se esforçam por vencer-se no que mais lhes custa, e mais contraria as suas inclinações. Porque o homem tanto mais aproveita e mais graça merece, quanto mais vence a si mesmo e mais se mortifica interiormente”. Trecho do livro “Imitação de Cristo” de Tomás de Kempis.
   Em tempos em que se valorizam a boa forma física, os sucos detox, as dietas, a prática regular de esportes, uma alimentação saudável e outras tantas fórmulas que proporcionam saúde ao corpo, podemos perguntar-nos:- E a Alma? Não há fórmulas para mantermos a alma igualmente tonificada? Será que existe algum composto de atitudes que exercitarão o espírito de forma que ele suporte o peso dos obstáculos que a vida frequentemente impõe-lhe?
   Esta frase do livro “Imitação de Cristo”, escrito há mais de cinco séculos, por um abade beneditino, mostra que sim. Da mesma forma que é necessário “suar a camisa” para conseguir força muscular, também é preciso esforço duro e constante  para dar à alma a robustez que a torne apta para o caminho da santidade.
   Faz parte da natureza decaída do homem pecar. E cada um sabe naquilo que mais peca, o chamado “pecado de estimação”, aquele que não nos larga nunca. Pois bem, neste trecho do abade Tomás de Kempis, ele nos diz que temos que vencer aquilo que mais nos custa, aquilo que vai contra as nossas inclinações, ou seja, no pecado que mais cometemos, naquele que estamos bem treinados, e que nos impede de voar mais alto na vida espiritual.
   A palavra mortificação, para uma geração acostumada ao conforto e ao prazer, pode parecer até uma afronta para a maioria das pessoas...O sacrifício é encarado como um ultraje ao bem viver. Mas, ele é tão necessário para nossa alma quanto o exercício para o nosso corpo. Sem atividade física, ficamos atrofiados e adoecemos, sem mortificação e sacrifício o raquitismo espiritual toma conta da alma e a impossibilita para os desafios que a santidade exige.
   O Céu não será conquistado sem luta ao pecado, especialmente o pecado venial, aquele que parece inofensivo...É preciso vigiar e orar, acostumar-se aos pequenos sacrifícios diários, para poder chegar às grandes renúncias, que tanto fazem bem à alma e que a tornam mais semelhante a CRISTO.
   Peçamos a Nossa Senhora Rainha da Paz, que a 35 anos, em Medjugorje, vem pedindo jejum à humanidade, e cuja própria vida foi difícil e árdua, que nos alcance a graça de buscar e cultivar aquilo que nos liberta de nossas escravidões de apego e egoísmo, e abra-nos para o cumprimento da Vontade de DEUS, que inclui renúncias e penitências.



domingo, 9 de outubro de 2016

Obrigado Senhor!!!

Obrigado Senhor!!!



     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Hoje, Domingo, 09 de Outubro de 2016, é o 28º Domingo do Tempo Comum; e o tema das leituras deste Domingo é sobre a gratidão e também sobre a ingratidão!!! A gratidão não é somente agradecer os favores recebidos dos homens e principalmente de DEUS, mas ter uma atitude de bom senso com relação ao próximo e também para com DEUS, por exemplo, se um amigo nos faz 10 atos bons para conosco logo lhe somos gratos, mas no momento em que esse mesmo amigo nos faz algo que nos desagrada, logo esquecemos os 10 favores que esse nosso amigo nos fez e nos revoltamos contra ele, isso é um ato de ingratidão, pois quem tem bom senso considera os favores recebidos anteriormente e perdoa esse amigo!!! Por isso a gratidão implica no perdão e vice e versa!!! No caso de DEUS, quando recebemos graças de DEUS,  sempre ficamos contentes e Lhe agradecemos (às vezes nem sempre), mas quando DEUS nos envia sofrimentos, sempre reclamamos e nos perguntamos, por que isso ocorreu conosco??? Nesses momentos devemos agir como Jô, a saber de toda a desgraça que lhe havia ocorrido (Jó 1, 20-21):-

“Jó então se levantou, rasgou o manto e rapou a cabeça. Depois, caindo prosternado por terra, disse: Nu saí do ventre de minha mãe, nu voltarei. O Senhor deu, o Senhor tirou: bendito seja o nome do Senhor!”

   Abaixo segue uma meditação sobre a gratidão que devemos ter para com DEUS!!!

Alexandre Luiz Antonio da Luz 
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria 
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba




Obrigado Senhor!!!

   Há vários salmos na Bíblia que cantam as belezas, maravilhas e vitórias que DEUS opera em favor de Seu Povo. Mas um em especial, o Salmo 135(136), é todo ele composto pelos feitos de DEUS ao povo Hebreu, o povo da Aliança.
   É um belíssimo salmo onde são dadas graças ao Senhor, primeiro porque ELE criou o firmamento, depois porque estendeu a terra firme sobre as águas. ELE criou ainda os grandes luminares, o Sol para presidir o dia, e a Lua para presidir a noite, e espalhou Seu sopro de vida e de beleza por toda a Terra.
   Mas DEUS não se contentou em manifestar toda a Sua sabedoria e poder completando a obra da criação. ELE foi muito além, ELE nos criou e realmente providencia tudo para que sejamos felizes já aqui nesta vida e na eternidade nem podemos imaginar o que de magnífico nos aguarda.
   O salmo continua descrevendo toda a força de DEUS na libertação do povo de Israel, que vivia sob a escravidão do Egito. E aí temos o relato maravilhoso do Senhor que divide o Mar Vermelho em duas partes, a fim de que Seu povo possa atravessar a pé enxuto. Ora, o fundo do mar que deveria ser um lamaçal tornou-se apto para que eles atravessassem com suas famílias, seus pertences, seus animais de carga. Isso não é extraordinário? Como ELE cuida dos detalhes, como ELE sabe aquilo de que nós realmente precisamos antes mesmo que possamos pedir...
   E talvez você se pergunte por que DEUS não atende suas orações, ou por que ELE não resolve aquele seu problema tão antigo, ou por que você está doente e não melhora, e aí podemos elencar uma enorme gama de situações que nos fazem sofrer.
   Depois da travessia os hebreus tiveram de purgar 40 anos no deserto, porque em vez de agradecerem a DEUS pela Libertação, entregaram-se à idolatria e à murmuração contra DEUS, pelas necessidades que tiveram neste trajeto, sendo que DEUS sempre continuou a acudi-los.
   Será que não acontece o mesmo conosco? Não somos nós também o Povo de DEUS liberto da morte eterna por um prodígio de Seu Amor, que ainda não está satisfeito com as graças recebidas, e ainda tem uma lista infindável de pedidos, muitos destes que não colaboram com a nossa salvação?
   Saibamos agradecer sempre, pelo o que de bom nos acontece, e por aquilo que não corresponde à nossa expectativa, pois DEUS cuida de cada um de nós. ELE conhece o presente, o passado e o futuro. ELE nos quer salvos, e por isso permite que enfrentemos dissabores e sofrimentos para que possamos amadurecer na fé. ELE nos quer a Seu lado para sempre. Por isso, obrigado Senhor!!!









Guia de Blogs Católicos: Adicione seu blog no Guia de Blogs Católicos!

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Madre Teresa:- Heroína Pró-Vida!!!

Madre Teresa:- Heroína Pró-Vida!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Não poderia deixar de publicar, por ocasião da canonização de Santa Teresa de Calcutá, este brilhante artigo do Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz, Presidente do Pró-Vida de Anápolis - Goias, sobre  Madre Teresa:- Heroína Pró-Vida!!!

Alexandre Luiz Antonio da Luz
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba




Santa Teresa:- Heroína Pró-Vida!!!

(“O aborto é o maior destruidor da paz”) - Frase de Santa Teresa de Calcutá.

www.providaanapolis.org.br



Dilma

   Em 31 de agosto de 2016, os meios de comunicação concentravam sua atenção na queda de uma mulher. O Senado Federal aprovava o “impeachment” da presidente Dilma Rousseff, pondo fim aos treze anos da era petista. O PT enfim saía do poder, deixando atrás de si uma multidão de bebês abortados, de crianças e adolescentes corrompidos e de famílias desestruturadas.


Santa Teresa


   Poucos dias depois, em 4 de setembro de 2016, a glorificação de uma outra mulher captava as atenções. Era Madre Teresa de Calcutá (1910-1997), intrépida defensora da vida, que era declarada santa pelo Papa Francisco diante de uma multidão de 120 mil pessoas reunidas em Roma. Sobre ela assim falou o Santo Padre na homilia da Santa Missa de canonização:
   Madre Teresa, ao longo de toda a sua existência, foi uma dispensadora generosa da misericórdia divina, fazendo-se disponível a todos, através do acolhimento e da defesa da vida humana, dos nascituros e daqueles abandonados e descartados. Comprometeu-se na defesa da vida, proclamando incessantemente que «quem ainda não nasceu é o mais fraco, o menor, o mais miserável»[1].
   A heroína agora canonizada, vestida com um sári branco, percorreu o globo condenando o aborto sem se importar se isso causaria constrangimentos ou má aceitação.
   Um fato curioso teria ocorrido em Washington durante o governo Clinton. Enquanto almoçava na Casa Branca, a primeira dama Hillary Clinton, segundo dizem, perguntou a Madre Teresa porque a América [os Estados Unidos] não tinha ainda eleito uma mulher presidente. “Provavelmente ela foi abortada”, respondeu Madre Teresa[2].
   Durante o seu discurso de aceitação do Prêmio Nobel da Paz de 1979 em Oslo, Noruega, Madre Teresa fez uma firmíssima condenação do aborto:-
 
   “O maior destruidor da paz hoje é o grito da inocente criança por nascer.”
   “Pois se uma mãe pode assassinar seu próprio filho, no seu ventre, o que resta pra mim e para você? Matarmos um ao outro.”
   “Na Escritura está escrito: Mesmo se a mãe pudesse esquecer o filho, eu não te esqueceria. Eu te gravei na palma da minha mão (Is 49,15-16).”
   “Mesmo se a mãe pudesse esquecer... Mas hoje milhões de crianças por nascer estão sendo mortas, e nós não dizemos nada.”


[...]

   “Para mim, as nações que legalizaram o aborto são as mais pobres. Elas têm medo de um pequenino! Têm medo de uma criança por nascer! E a criança tem que morrer. Porque eles não querem alimentar mais uma criança! Porque eles não querem educar mais uma criança! A criança tem que morrer.”
   “E aqui eu lhes peço em nome daqueles pequeninos, porque foi aquela criança por nascer que reconheceu a presença de Jesus quando Maria veio visitar Isabel, sua prima. Como lemos no evangelho, no momento em que Maria entrou na casa, o pequenino no ventre de sua mãe saltou de alegria, reconheceu o Príncipe da Paz.”
   “Assim, hoje vamos aqui fazer uma firme resolução. Vamos salvar cada criancinha. Cada criança por nascer. Dê-lhes a chance de nascer.”
   “É o que estamos fazendo. Estamos combatendo o aborto com a adoção. E o bom Deus tem abençoado tanto nosso trabalho, que temos salvado milhares de crianças, e milhares de crianças têm encontrado uma casa onde são amadas, onde são queridas, onde são cuidadas. Trouxemos tanta alegria para as casas em que não havia uma criança!”
   “Por isso hoje peço a Vossas Excelências aqui, diante de todos que vêm de diferentes países: vamos todos rezar para que tenhamos coragem de defender a criança não nascida, e dar à criança a oportunidade de amar e ser amada. E acho que, com a graça de Deus, seremos capazes de trazer a paz ao mundo[3].”

   Em 1985 ela foi uma convidada especial no 40º aniversário de fundação das Nações Unidas durante o auge da Guerra Fria. Eis suas palavras:-

   “Todos nós queremos a paz, e ainda estamos com medo das armas nucleares e dessa nova doença [AIDS]. Mas nós não temos medo de matar uma criança inocente, aquela pequena criança por nascer, que foi criada com o mesmo propósito: amar a Deus e amar a você e a mim.”
   “Isso é uma contradição. E hoje eu sinto que o aborto se tornou o maior destruidor da paz.”

[...]

   “Por isso, se realmente queremos paz [...], façamos a firme resolução de que em nossos países, em nossas cidades, não permitiremos que uma única criança se sinta indesejada, se sinta não amada, jogada fora da sociedade. E ajudemos uns aos outros a fortalecer essa resolução.”
   “Que em nossos países aquela terrível lei do assassinato de inocentes, de destruição da vida, de destruição da presença de Deus seja removida de nosso país, de nossa nação, de nosso povo, de nossas famílias[4].”

   No Café da Manhã de Oração Nacional de 1994 em Washington D.C. (EUA), ela surpreendeu Bill e Hillary Clinton, que se sentavam perto dela, com comentários mordazes contra o aborto:-

   “Eu sinto que o maior destruidor da paz hoje é o aborto, porque é uma guerra contra a criança, o homicídio direto de uma criança inocente, assassinato feito pela própria mãe.”
   “Se aceitarmos que a mãe possa matar até o seu próprio filho, como poderemos dizer às pessoas que não se matem uns aos outros?”

[...]

   “Um país que aceita o aborto não está ensinando seu povo a amar, mas a usar de qualquer violência para obter o que quer. Por isso é que o maior destruidor do amor e da paz é o aborto[5]”

   Em 1995, em mensagem dirigida à Quarta Conferência Mundial sobre a Mulher em Beijing, Madre Teresa denunciou os postulados da nascente “ideologia de gênero”, que pretendia nivelar homens e mulheres:-

   “Não entendo por que algumas pessoas estão dizendo que homens e mulheres são exatamente a mesma coisa, e estão negando as belas diferenças entre homens e mulheres.”

[...]

   “O poder especial de amar que pertence à mulher se vê mais claramente quando ela se torna mãe. A maternidade é o dom de Deus às mulheres. Quão gratos devemos ser a Deus por esse maravilhoso dom, que traz tanta alegria para o mundo inteiro, mulheres e homens!”
   “Podemos destruir esse dom da maternidade, especialmente pelo mal do aborto, mas também pensando que outras coisas como empregos ou posições são mais importantes que amar, doar-se aos outros.”
   “Nenhum emprego, nenhum plano, nenhuma posse, nenhuma ideia de “liberdade” pode tomar o lugar do amor. Assim, tudo que destrói o dom de Deus da maternidade destrói seu mais precioso dom às mulheres:- A capacidade de amar como mulher.”
   “Deus nos disse:- “Ama o teu próximo como a ti mesmo”. Assim, eu primeiro tenho que amar a mim mesma corretamente, e então amar o meu próximo como a mim. Mas como eu posso amar a mim mesma a não ser que eu me aceite como Deus me fez? Os que negam as belas diferenças entre mulheres e homens não estão aceitando a si mesmos como Deus os fez, e assim não podem amar o seu próximo. Eles trarão somente divisão, infelicidade e destruição da paz para o mundo. Por exemplo, como eu disse frequentemente, o aborto é o maior destruidor da paz no mundo hoje. E aqueles que querem fazer mulheres e homens a mesma coisa são todos a favor do aborto[6].”
 
   Pode parecer exagerada a insistência de Santa Teresa de Calcutá em falar contra o aborto. Mas ai de nós se um dia nos faltarem vozes como a dela, que sacudam nossas consciências diante desse crime que brada aos céus.



Anápolis, 12 de setembro de 2016.

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
Presidente do Pró-Vida de Anápolis.



[1]http://w2.vatican.va/content/francesco/pt/homilies/2016/documents/papa-francesco_20160904_omelia-canonizzazione-madre-teresa.html

[2] Cf. https://c-fam.org/friday_fax/pro-life-heroine-mother-teresa-will-declared-saint/

[3]http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/peace/laureates/1979/teresa-acceptance_en.html

[4]http://www.piercedhearts.org/purity_heart_morality/mother_teresa_address_united_nations.htm

[5] http://www.priestsforlife.org/brochures/mtspeech.html

[6] http://ewtn.com/New_library/MT_woman.htm


Guia de Blogs Católicos: Adicione seu blog no Guia de Blogs Católicos!

Celebração dos 81 Anos da Instituição do Terço da Misericórdia Divina!!!

Celebração dos 81 Anos da Instituição do Terço da Misericórdia Divina!!!




    Caros Irmãos e Irmãs:-

   Na próxima Terça-Feira e Quarta-Feira, dias 13 e 14 de Setembro respectivamente, completrar-se-ão 81 anos da criação do Terço da Misericórdia Divina!!! Foi nos dias 13 e 14 de Setembro de 1935, que Santa Faustina Kowalska relatou em seu diário (Caderno I), 474-476[1] como Nosso Senhor JESUS CRISTO lhe ensinou o terço da Divina Misericórdia. JESUS disse à Santa Faustina que concederia tudo o que Lhe fosse pedido por meio do Terço da Misericórdia Divina,[2] disse também que derramaria Sua Infinita Misericórdia no momento da morte daqueles que recitassem o Terço Misericórdia Divina[3] e que nunca alguém que tivesse recorrido à Sua Misericórdia ficaria decepcionado ou experimentaria o vexame e a vergonha.[4]
   A descrição dos fatos que levaram à criação do Terço da Misericórdia Divina foram relatados por Santa Faustina Kowalska da seguinte maneira:-

   Vilnius, Lituânia, na Sexta-Feira 13.09.1935. “À noite, quando me encontrava na minha cela, vi o Anjo executor da ira de Deus. Estava vestido de branco, o rosto radiante e uma nuvem a seus pés. Da nuvem saíam trovões e relâmpagos para as suas mãos e delas só então atingiam a Terra. Quando vi esse sinal da ira de Deus, que deveria atingir a Terra, e especialmente um determinado lugar que não posso mencionar por motivos bem compreensíveis, comecei a pedir ao Anjo que se detivesse por alguns momentos, pois o mundo faria penitência. Mas o meu pedido de nada valeu perante a cólera de Deus. (...) Porém, nesse mesmo momento senti em mim a força da graça de Jesus que reside na minha alma; e, quando me veio a consciência dessa graça, imediatamente fui arrebatada até o Trono de Deus. (...) Comecei, então, a suplicar a Deus pelo Mundo com palavras ouvidas interiormente. Quando assim rezava, vi a impossibilidade do Anjo em poder executar aquele justo castigo, merecido por causa dos pecados. Nunca tinha rezado com tanta força interior como naquela ocasião. As palavras com que suplicava a Deus eram as seguintes:- 
   Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro; pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós. No dia seguinte pela manhã, quando entrei na nossa capela, ouvi interiormente estas palavras:- Toda vez que entrares na capela, reza logo essa oração que te ensinei ontem. Quando rezei essa oração, ouvi na alma estas palavras: Essa oração serve para aplacar a Minha ira. Tu a recitarás por nove dias, por meio do Terço do Rosário da seguinte maneira: Primeiro dirás o “Pai Nosso”, a “Ave Maria” e o “Credo”. Depois, nas contas de “Pai Nosso”, dirás as seguintes palavras:- Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro. Nas contas de “Ave Maria” rezarás as seguintes palavras:- Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. No fim, rezarás três vezes estas palavras:- Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro (Diário, 474- 476).

   Quem puder, reze o Terço da Misericórdia Divina às 15:00h, nos dias 13 e 14, será um momento de se alcançar grandes graças!!! Se possível rezem por três intenções minhas!!!

Alexandre Luiz Antonio da Luz
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba


Oração das Três Horas da Tarde!!!



   Ó JESUS apenas morrestes e uma fonte de vida jorrou para as almas e um oceano de misericórdia se abriu para o mundo inteiro. Ó fonte de vida, insondável Misericórdia Divina, envolvei o mundo inteiro e derramai-vos sobre nós.

   Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de JESUS como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós!!! (3X)



Terço da Misericórdia Divina!!!



   Início:-

    Pai-Nosso, Ave-Maria, Creio.

   Nas contas grandes:-

   Eterno Pai, eu vos ofereço o Corpo, Sangue, Alma e Divindade de vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação de nossos pecados e os do mundo inteiro.

   Nas contas pequenas:-

   Pela sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

   Ao final do terço:- três vezes:-

   "Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro."



    Ó Deus de grande Misericórdia, bondade infinita, eis que hoje, toda a humanidade clama do abismo da sua miséria a Vossa Misericórdia, a Vossa Compaixão e clama com a sua potente voz de miséria.
   Deus clemente, não rejeiteis a oração dos exilados desta terra. Senhor, bondade inconcebível, que conheceis profundamente a nossa miséria e sabeis que com as nossas próprias forças não temos condições de nos elevar até Vós, por isso suplicamos, adiantai-vos ao nosso pedido com a Vossa graça e multiplicai em nós sem cessar a Vossa Misericórdia, para que cumpramos a Vossa Santa Vontade durante toda a nossa vida e na hora da morte.
   Que o poder da Vossa Misericórdia nos defenda dos ataques dos inimigos da nossa salvação, para que aguardemos com confiança, como Vossos filhos, a vossa vinda última, dia que somente a Vós é conhecido, e esperemos que alcancemos tudo que nos foi prometido por Nosso senhor JESUS CRISTO, apesar de toda a nossa miséria, porque Nosso senhor JESUS CRISTO é a nossa confiança; pelo seu Coração Misericordioso, como por uma porta aberta, esperamos entrar no Céu. E hoje faço o meu pedido. Amén!!!

   Ó DEUS, PAI de Misericórdia, nesta Hora da Misericórdia do Vosso Filho JESUS, Hora, em que por imenso Amor, ELE derramou sangue pela humanidade e a redimiu por Sua Morte de Cruz. Do seu lado aberto jorrou água e Sangue.
   Fazei ó PAI Eterno, que pelos méritos da Paixão de Seu Filho JESUS, jorrem infinitas graças sobre nós e sobretudo para os doentes!!! Amém!!!




Ladainha ou Louvores à Misericórdia de Deus!!!



Senhor, tende misericórdia de nós.
JESUS CRISTO, tende misericórdia de nós.
Senhor, tende misericórdia de nós.
JESUS CRISTO, ouvi-nos.
JESUS CRISTO, atendei-nos.
DEUS PAI Celestial tende misericórdia de nós.
DEUS FILHO, Redentor do mundo, tende misericórdia de nós.
ESPÍRITO SANTO, que sois DEUS, tende misericórdia de nós.
SANTÍSSIMA TRINDADE, que sois um só DEUS, tende misericórdia de nós.
Misericórdia Divina, que brota do seio do Pai, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, atributo máximo de Deus, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, mistério inefável, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, fonte que brota do mistério da Santíssima Trindade, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nenhuma mente nem angélica nem humana pode perscrutar, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, da qual provém toda a vida e felicidade, eu confio em Vós.Misericórdia Divina, mais sublime do que os Céus, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, fonte de milagres e prodígios, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que envolve o universo todo, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que desce ao mundo na Pessoa do Verbo Encarnado, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que brotou da chaga aberta do Coração de Jesus, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, encerrada no Coração de Jesus para nós e sobretudo para os pecadores, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, imperscrutável na instituição da Eucaristia, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, no sacramento do Santo batismo, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, na nossa justificação por Jesus Cristo, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos acompanha por toda a vida, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos envolve de modo particular na hora da morte, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos concede a vida imortal, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos acompanha em todos os momentos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos defende do fogo do inferno, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, na conversão dos pecadores endurecidos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, enlevo para os anjos, inefável para os santos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, insondável em todos os mistérios Divinos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos eleva de toda miséria, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, fonte de nossa felicidade e alegria, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que do nada nos chama para a existência, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que abrange todas as obras das suas mãos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que coroa tudo que existe e que existirá, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, na qual todos somos imersos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, doce consolo para os corações atormentados, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, única esperança dos desesperados, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, repouso dos corações, paz em meio ao terror, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, delícia e êxtase dos santos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que desperta a confiança onde não há esperança, eu confio em Vós.
“DEUS Eterno, em quem a misericórdia é insondável, e o tesouro da compaixão é inesgotável, olhai propício para nós e multiplicai em nós a vossa misericórdia, para que não desesperemos nos momentos difíceis, nem esmoreçamos, mas nos submetamos com grande confiança à Vossa Santa Vontade, que é amor e a própria misericórdia. Amém.




Oração de Agradecimento:-



   Ó JESUS, DEUS oculto e misterioso, eu Vos agradeço pelos inumeráveis dons e pelos benefícios que me fizestes; que cada batida do meu coração renove o hino de agradecimento, que eu dirijo a VÓS, Senhor; que a minha alma seja um hino de adoração à Vossa Misericórdia!!! Ó meu DEUS, eu Vos amo por VÓS!!! Amém!!!



Explicação do Terço:-


    Palavras de JESUS:- "As almas que rezarem este terço serão envolvidas pela minha misericórdia, durante a sua vida e, de modo particular, na hora da morte".
   "Quando recitam esse terço junto a um agonizante, aplaca-se a ira de Deus, a misericórdia insondável envolve a alma...”.
   "Filha minha, anima as almas a rezarem o terço que vos dei.”
   “Pela recitação deste terço me agrada conceder tudo o que me peçam.”
   “Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como última tábua de salvação.”
   “Até o pecador mais obstinado, se rezar uma só vez o terço, receberá graça de minha misericórdia infinita.”
   “Rezado ao lado dos agonizantes, me porei entre o Pai e a alma moribunda, não como justo juiz, mas sim como Salvador Misericordioso".
   “Escreve isto para as almas aflitas:-
   Quando a alma vê e reconhece a gravidade de seus pecados, quando se descobre ante seus olhos todo o abismo de miséria em que tem caído, não se desespere, mas que se aloje com confiança nos braços de minha misericórdia, como um menino entre os braços de sua mãe amadíssima".



 [1] Kowalska, F. Diário Santa Faustina. A Misericórdia Divina na Minha Alma, ed. Apostolado da Divina Misericórdia ISBN 9788561791391 livro I - 474-476
[2] Kowalska, F. Diário Santa Faustina. A Misericórdia Divina na Minha Alma, ed. Apostolado da Divina Misericórdia ISBN 9788561791391 livro IV - 1541
[3] Kowalska, F. Diário Santa Faustina. A Misericórdia Divina na Minha Alma, ed. Apostolado da Divina Misericórdia ISBN 9788561791391 livro II - 687
[4] Kowalska, F. Diário Santa Faustina. A Misericórdia Divina na Minha Alma, ed. Apostolado da Divina Misericórdia ISBN 9788561791391 livro IV - 1541


Guia de Blogs Católicos: Adicione seu blog no Guia de Blogs Católicos!

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Pai e Padre Juarez de Mattos Telles!!!

Pai e Padre Juarez de Mattos Telles!!!





     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Neste fim de mês de Agosto, dedicado às vocações, desejo publicar aqui, um artigo do meu grande amigo e membro do meu movimento Pró-Vida, Ivan Fadel Filho, que trata da vida do seu tio, Juarez de Mattos Telles, que foi um grande pai de família e após o falecimento de sua esposa, foi ordenado sacerdote. A vida do Pe. Juarez é daquelas que merecem ser divulgadas, pois ele viveu intensamente o Evangelho de Nosso Senhor JESUS CRISTO!!!

Alexandre Luiz Antonio da Luz
Ex-Presidente da Sociedade Protetora dos Nascituros Imaculada Conceição de Maria
Movimento Pró-Vida da Arquidiocese de Curitiba



A Vida do Pai e Padre Juarez de Mattos Telles!!!

   Juarez Telles foi o primeiro de cinco filhos do casal Antenor e Zulmira. Nasceu em Castro, onde viveu a maior parte de sua vida. Destacou-se pela sua fé inabalável, e por sua dedicação, respeito e gentileza para com todos.

Seminarista:-

   Ainda muito jovem queria ser sacerdote, estudou no seminário redentorista em Aparecida, Pindamonhangaba, New York e fez noviciado com votos temporários de pobreza, castidade e obediência. Entretanto não conseguiu ser ordenado padre devido à fragilidade de sua saúde, fato que resultou em grande frustração para ele e sua família.



Pe. Juarez e família

Esposo e Pai:-

   Procura então atender ao chamado de Deus através da vocação familiar, casando-se anos depois com Laila Fadel, em 25-10-1952, com a qual teve a alegria de gerar cinco filhos. Foi um pai e marido amoroso e dedicado. Graduado em línguas anglo-saxônicas pela PUC-PR. Lecionou inglês durante décadas. Gostava também de cuidar de sua chácara de criação de frangos.

   COMO UM HOMEM PRUDENTE, QUE CONSTRUIU SUA CASA SOBRE A ROCHA. CAIU A CHUVA, VIERAM AS ENCHENTES, OS VENTOS DERAM CONTRA A CASA, MAS A CASA NÃO CAIU, PORQUE ESTAVA CONSTRUÍDA SOBRE A ROCHA. (Mt 7, 24-25).

   Apesar de grandes realizações, ao longo de sua vida passou também por intensos sofrimentos:-

- Seu pai, comerciante de pedras preciosas, fazia viagens para vendê-las. Numa delas, a família aflita por vários dias pela demora de seu retorno, descobriu que fora assassinado durante assalto e seu corpo foi encontrado já em estado de decomposição.

- Nelson, seu primogênito, foi acometido de câncer e teve sua perna amputada numa tentativa de cura que não surtiu efeito, vindo a falecer com apenas 15 anos.

- Também seu genro Rosney, ao qual Juarez levava diariamente a comunhão eucarística faleceu de câncer depois de meses de sofrimento acamado. Era um homem que inicialmente não se importava com a vida espiritual mas teve uma extraordinária conversão, e assim como o Nelson, aceitou seus sofrimentos e morreu santamente.

- Laila, sua esposa faleceu com a mesma doença em 1999 após 47 anos de vida matrimonial.

   Apesar dos sofrimentos Juarez sempre manteve firme sua confiança em Deus, sua esperança e alegria cristã. Disse certa vez que nós enxergamos como por um buraquinho de fechadura, mas Deus enxerga longe! Sabia do imenso valor do sofrimento aceito e oferecido a Deus. Cumpria fielmente a súplica de Nossa Senhora de Fátima:- “Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores?”
   Tinha grande devoção à Virgem Maria, costumava participar diariamente da santa missa e rezar o rosário completo.
   Amava sua família: “O Senhor, em Sua bondade, deu a mim e à minha falecida esposa, Laila, cinco filhos e dez netos.”
   No portão de sua casa diariamente vinham muitos necessitados aos quais ele sempre dava atenção e alimentos. No inverno distribuía cobertores.
   Dedicava-se aos enfermos, aos quais confortava e levava a sagrada comunhão.
   Dedicava-se também à evangelização. Durante anos evangelizou através da rádio.
   Por 12 anos lecionou inglês gratuitamente no seminário Santa Cruz.
   Cuidava de sua saúde e fazia caminhadas durante as quais cumprimentava todas as pessoas na rua, mesmo desconhecidas.
   Chamava a atenção a pequena quantidade de alimentos que ingeria.
   Gostava de praia, de mel e de livros de espiritualidade. Costumava presentear as pessoas com bons livros. Quando tinha a oportunidade de passar alguns dias de férias no balneário Camboriú, acordava bem cedo para aproveitar o silêncio que precisava sua meditação e caminhava à beira-mar, atravessando a praia de uma extremidade à outra.
   Era paciente, humilde, simples e sábio.


Vovô Juarez brincando com a netinha

Sacerdote:-

   Depois de cerca de 8 anos após a morte de Laila, Juarez, com o apoio e incentivo de Dom Sérgio Braschi, Bispo da Diocese de Ponta-Grossa, estuda filosofia e teologia e finalmente, exultando de alegria, é ordenado sacerdote diocesano em 3-5-2009.
   Durante a homilia da missa de ordenação, Dom Sérgio destacou que “não conhecemos os desígnios de Deus. Recentemente Deus levou dois jovens seminaristas “de ouro” de modo repentino, e o senhor Juarez a quem o reitor não quis ordenar quando jovem, - pensando que viveria pouco - aí está com quase oitenta anos para ser ordenado.” No entanto, certamente também isto estava nos desígnios de Deus para que surgisse essa família abençoada.
   Tornou-se um sacerdote zeloso, dedicado a Deus e à comunidade. O padre Juarez era mui grato a Deus por tê-lo chamado ao sacerdócio e também a Dom Sérgio por ter aceitado ordená-lo. Sabia que o sacerdócio é uma graça infinita. Exerceu o sacerdócio na Paróquia Senhora Sant'Ana, igreja matriz de Castro.




Foto:- Padre Juarez presidiu missa com matrimônio de seus sobrinhos.

   Ao longo de sua vida buscou a santidade e teve a graça de assumir a vocação matrimonial e sacerdotal e de receber todos os sete sacramentos.
   Após sete anos de sacerdócio, sofreu uma queda que abalou sua saúde. Foi internado na UTI, onde novamente suportava com grande paciência e serenidade seus padecimentos. Recebia diariamente as visitas dos filhos e como não conseguia mais falar, escreveu curtas declarações de amor para eles. Faleceu cerca de 20 dias depois.
   Durante a missa de corpo presente, no dia 11-7-2016, a igreja de Sant'Ana esteve lotada, repleta de filhos, genros, noras, netos, irmãos, cunhados, sobrinhos, primos, alunos e amigos do padre Juarez. Foi celebrada por Dom Sérgio e por mais 25 sacerdotes, e talvez (por que não?) pelo próprio Padre Juarez na eternidade. “TU ÉS SACERDOTE ETERNAMENTE”!!!
   Creio que o professor, tio, pai e padre Juarez já está gozando das eternas alegrias juntamente com aqueles que neste mundo foram seus pais, esposa, filho, genro e sua irmã Maria (minha mãe).

   “Tenho para mim que os sofrimentos da presente vida não têm proporção alguma com a glória futura que nos deve ser manifestada.” (Rm.,8,18)

Ivan Fadel Filho

   Para maiores informações, acessem:-

http://www.geraiscomunic.com/#!especial/gsoc6





Guia de Blogs Católicos: Adicione seu blog no Guia de Blogs Católicos!